domingo, 12 de junho de 2011

Púrpura senil


         
          No dia a dia de meu consultório, volta e meia chegam pacientes com uma queixa que esta aparecendo manchas roxas na pele do nada. É difícil para eles entenderem que não é do nada, e sim por que sua pele não é mais como quando eles tinhas 40 anos por exemplo.
         Essas manchas tem um nome, se chama: Púrpura senil que é um conjunto de petéquias e equimoses, ou mesmo hematomas ( que são conhecidos como manchas arroxeadas na pele), que ocorre principalmente no dorso das mãos, punhos e antebraços, por diminuição do suporte conjuntivo pericapilar, decorrente do envelhecimento da pele.
         Com esse envelhecimento da pele, ela fica mais sensível e fina ,e com isso causa a  ruptura de pequeníssimos vasos do sistema circulatório, chamados de capilares . Essa ruptura é geralmente ocasionada por, às vezes, pequenos traumatismo na pele, como por exemplo o simples fato de coçar já é um trauma para a pele do idoso, tal coisa não acontece com a pele de uma pessoa que tem 40 anos.
         Geralmente essas manchas não doem quando o trauma é leve e a mancha é pequena, mas dependendo do trauma e quanto maior a mancha, elas podem ser dolorosas.
          Não há um tratamento único e também não é perigosa. Estará sempre ligada a causa que originou esta manifestação, quase sempre um traumatismo. Algúns cremes e pomadas, quando friccionados sobre as lesões, encurtam o tempo de evolução das manchas. Essas passam por várias tonalidades de cor, do roxo ao marrom e amarelado antes de desaparecerem.