terça-feira, 29 de maio de 2012

Shiatsu, você tem que fazer!!!

 
            Este post vai para aqueles que nunca fizeram Shiatsu. Uma terapia manual desenvolvida no Japão, no início do século XX, embora originária da China, que faz milagre em nosso corpo, principalmente quando você tem um corpo rígido decorrente de dias tensos.
 Na prática, o Shiatsu utiliza técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração, pinçamento e imposição de dedos e mãos em pontos e áreas específicas do corpo, além da movimentação de articulações e manipulação de estruturas músculo-esqueléticas com o objetivo de atuar na circulação "energética" através das técnicas de tonificar, sedar, regular, purificar e aquecer e, assim, promover a homeostase orgânica, psíquica e sobretudo energética. O profissional, usando os polegares, as palmas das mãos e até mesmo o cotovelo, pressiona pontos ao longo dos meridianos do nosso corpo, de modo ritmado e modulado e vai, com esses toques, desbloqueando a energia vital. Além disso, usa técnicas de manipulação, alongamento de músculos e tendões, rotações de juntas, pressão em músculos tensos ou doloridos, melhorando assim a circulação do sangue e linfa. Como resultado, relaxa o sistema nervoso e muscular, desenvolvendo um ritmo de respiração mais eficiente e um melhor equilíbrio energético. 
Resumindo a melhor coisa que existe, no começo confesso que é super-hiper-mega dolorido, mas depois de 3 sessões fica muito bom e relaxante. 
Como é o tratamento pelo Shiatsu? Antes de iniciar o tratamento, o terapeuta faz um diagnóstico (anamnese) no paciente, e em seguida pela terapia em si. Um sessão de Shiatsu é, geralmente, feita em 60 minutos, e seu número varia de caso para caso, ou da gravidade e urgência, podendo variar de 2 a 4 sessões por mês.   
           Geralmente para que a shiatsuterapia é indicada:
• Desequilíbrios emocionais (fobias, depressão, raiva, preocupação, estresse, TPM);
• Desequilíbrios sexuais (desinteresse sexual, impotência, ejaculação precoce);
• Insônia, ansiedade;
• Melhorar a circulacão sanguínea;
• Aumentar a capacidade do corpo de eliminar toxinas;
• Equilibrar o sistema nervoso;
• Retardar o envelhecimento das células, contribuindo para a longevidade;
• Melhorar o tönus da pele;
• Reduzir a fadiga (física e mental);
• Aliviar a dor causada por contratura e má postura (dores nas costas e articulacões);
• Cólicas menstruais, intestino preso, dor de cabeça;
• Aumentar os níveis de energia;
• Promover a saúde e o bem-estar geral (relaxamento). 
Na grávida, o Shiatsu em alguns pontos mas traz alivio para dores musculares, inhaços e outros. 
           Mas como toda maravilha tem suas excessões não é todo mundo que pode fazer.
Algumas contra indicações do emprego da shiatsuterapia:
• Doenças agudas ou crônicas de base lesional;
• Doenças infecto-contagiosas;
• Doenças hemorrágicas em geral;
• Queimaduras e dermatites ulcerativas;
• Processos inflamatórios agudos internos e externos;
• Vasculites e flebites;
• Sangramento ocasionado por trauma;
• Doenças cardiovasculares agudas;
• Processos degenerativos ósseo, neuromuscular ou orgânico em geral;
• Nevralgias na fase aguda.
        Agora só falta você marcar uma sessão com sua profissional, aqui em Nova Andradina eu super gosto do Shiatsu da fisioterapeuta Larissa Rubian.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Síndrome de Benson



Esta doença degenerativa ocorre com mais frequência em idosos e se distingue da Doença de Alzheimer. A Síndrome de Benson ou também chamada Síndrome de Atrofia Cortical, é uma desordem degenerativa rara. A sua frequência é desconhecida.
A doença da Atrofia Cortical refere-se a uma síndrome clínica na qual o processamento visual é interrompido devido a uma doença neurodegenerativa.
Os pacientes apresentam graves comprometimentos visuais de ordem progressiva e agnosia, ou seja, incapacidade de reconhecer e identificar objetos, familiares ou pessoas e apraxia que se caracteriza por provocar uma perda da habilidade para executar movimentos e gestos.
As manifestações desta síndrome incluem vários sintomas simultâneos, como:
 1- Agnosia ópticas - que compreende a incapacidade de reconhecimento visual de objetos na ausência de disfunções óticas,
2- Ataxia - que reflete uma condição de falta de coordenação dos movimentos podendo afetar a força muscular e o equilíbrio,
3- Apraxia oculomotora - uma perturbação dos movimentos oculares que dá o complicado nome à doença e se caracteriza pela impossibilidade de fixar o olhar e de deslocar voluntariamente os olhos na horizontal, tendo o doente de “atirar” a cabeça para o lado para podê-los rodar,
4-  Prosopagnosia - tratada como uma desordem rara da percepção da face, na qual a habilidade de reconhecer os rostos está danificada,
5- Alexia - é uma disfunção onde é perdida a capacidade de ler
6- Desorientação comportamental e
7- Desorientação ambiental.
8- Apraxia ideomotora - É a inabilidade de realizar atos motores sob comando verbal
9- Agrafia- perturbação da capacidade de escrever, desde o esquecimento de signos gráficos ou incapacidade de formar frases, até a incapacidade total de escrever.
10- Acalculia- trata-se de um tipo de incapacidade que dificulta a realização de simples cálculos matemáticos
A memória, linguagem, percepção e julgamento ficam relativamente preservados até mais tarde no curso da doença.
O diagnostico é feito por ressonância magnética e avaliação clinica
O tratamento da Síndrome de Benson baseia-se em ajudas visuais e tratamentos antidepressivos como paliativos.


Bicho Geografico



Qual foi a criança que nunca pegou um bicho geográfico? Hoje aqui no blog vamos falar de uma afecção de pele que não acomete só crianças, mas adultos também.
A larva migrans cutânea , dermatite serpiginosa ou dermatite pruriginosa, conhecida popularmente como bicho geográfico, é uma série de manifestações patológicas causada geralmente por parasitas específicos do intestino delgado de cães e gatos que eventualmente atingem o homem.
Por estar em pele humana, a larva não consegue se aprofundar para atingir o intestino (o que acontece no cão e no gato), e caminha sob a pele formando um túnel tortuoso e avermelhado. Mais comum em crianças, as lesões são geralmente acompanhadas de muita coceira. Os locais mais comumente atingidos são os pés e as nádegas. Pode ocorrer como lesão única ou múltiplas lesões. Devido ao ato de coçar é frequente a infecção secundária das lesões.

Sintomas como erupções avermelhadas que geram muita coceira e podem causar dor, ocasionam a falta de sono e nervosismo. Além disso, pode causar alterações pulmonares como tosse e falta de ar e alergia em razão das substâncias tóxicas liberadas.

A transmissão do bicho geográfico acontece quando há contato da pele com as larvas. As larvas que causam o bicho geográfico são mais comuns em areias das praias, porém elas se espalham em qualquer terreno que lhes dê as condições necessárias de temperatura e umidade. Quando a pessoa pisa ou senta sobre local infestado pelas larvas, elas podem furar a pele e contaminar o indivíduo.
Dependendo da extensão da doença, o tratamento pode ser feito por via oral para os casos mais extensos ou com o uso de medicação tópica nos casos mais brandos. Para prevenir a infecção pela larva migrans deve-se evitar andar descalço em locais frequentados por cães e gatos e cobrir as caixas de areia durante a noite para evitar sua utilização por gatos para defecar. Recolha as fezes de seu cachorro e estimule os outros donos de animais a fazerem o mesmo. Não leve animais para a praia.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

E agora que creme usar?


 Qual a mulher que não quer chegar aos 40 com rosto de 25 e aos 60 com rosto de 45?Pois é hoje em dia podemos melhorar e muito nossa cutes.
E qual mulher não gosta de cremes? Basta saber o que usar, qual usar e quando usar. Nesse post vou dar algumas dicas para melhorar nosso rosto.
Geralmente precisamos de cremes com as 3 principais funções: firma, estica, levanta.
            O que fazer, em cada fase da sua vida para manter a pele sempre jovem.

AOS 25 ANOS.
 Limpe-a todo dia, proteja-a do sol e hidrate-a (esses cuidados valem para todas as fases!). Use cremes com as vitaminas C e E.





AOS 30 ANOS.
Os cremes devem estimular a renovação celular e a produção de colágeno, prevenindo as rugas.
PRODUTINHOS INDICADOS:
            Nivea Anti-rugas Q10.
                   Capture sculpt 10 nuit Dior.
                              Renergie Nuit Lancome
                       

                              Capture Totale Rituel Nuit Dior


DE 40 A 50 ANOS.
Com a chegada da menopausa, além dos princípios já utilizados, opte por produtos que estimulam a produção de colágeno.
PRODUTINHOS INDICADOS:
                                                  Benefiance Nutriperfect Night Cream  Shiseido
                                                               Crème pour la beauté des paupières, da Anna Pegova 
                                      Cell Complex Gel Creme Intensivo ADCOS
                             Rénergie Morpholift R.A.R.E Lancome
                                                 Clinique Repairwear Lift Crema Afirmante Día 
                                       Bee Venom Mask  Heaven


AOS 60 ANOS
A pele fica seca e flácida. Escolha cremes firmadores.



PRODUTINHOS INDICADO:
Regenessence High Lift Giorgio Armani
Cryste Marine Firming Eye Treatment Kiehl'S 
Neovadiol Gf dia Vichy
 Expert Lift Cuidado Noturno  Nivea
Glo therapeutics Skin Firming Cream
 Masvelt Multi-Réductrice 200 ml - Clarins 

Com essas dicas espero que vocês não fiquem mais na duvida o que comprar e o que usar, lembrando que hoje em dia existe uma gama de cremes no mercado, e não é o preço que vai decidir se ele é bom ou não, isso tudo vai depender da sua pele.

terça-feira, 15 de maio de 2012

7 dicas de como protejer sua pele no inverno



Com o inverno temos a baixa temperatura e queda dos níveis de umidade. Embora as células da parte superior da pele têm um fator de hidratação natural, o frio deixa a pele suscetivel e ela tende a ficar mais ressecada causando desconforto e envelhecimento.
             Para combater o que o frio causa na pele, o melhor é seguir estas dicas simples
            1. Hidratação.           

O hidratante é indispensável durante esta época do ano que a pele precisa dele. Não tenha medo de aplicá-lo várias vezes ao dia. Nossa rotina de beleza tem que variar de acordo com as circunstâncias.
Podemos precisar de um creme mais rico e untuoso no Inverno, com uma proporção maior de óleo à água. 


           2. Aplicar filtro solar.
 Não só temos de aplicar protetor solar só durante o verão, e sim o ano todo, nao devemos esquecer que o frio tambem quaima a pele. Se queremos uma pele lisa, sem manchas devemos protege-la contra os efeitos nocivos do sol. Aplique o filtro solar 30 minutos antes de sair e se será ao ar livre, você terá que aplicá-lo várias vezes.
Para todos os tipos de pele, de oleosa a seca

          3. Use um umidificador.
 Não é preciso ser um produto caro e colocá-lo em 2 ou 3 lugares da casa. Você pode até mesmo colocar um copo de água ou uma toalha umeda no comodo que esta.
          4. Diga adeus aos banhos quentes.
Tomar banho em água muito quente faz com que ele remover os lipídios naturais da pele que mantêm a umidade e hidratação. Portanto, é uma escolha razoável para tomar banho em água morna e aplique algumas gotas de um óleo, como a amêndoa ou de jojoba.
         5. Observe as suas mãos.
           A pele da mão é mais fino e contém menos glandulas sebaceas e com isso tendem a ressecar mais. Para combater a mão enrugada aplicar várias vezes creme e ao sair um grande aliado são as luvas. Se você é alérgico a lã, pode usar luvas de algodão para proteger a pele.


         6. Hidratação labial.
Proteger os lábios com um bálsamo rico em vitamina E, um antioxidante. Nunca molhar os lábios com a língua, porque você só vai tornar os lábios secam mais.



  





    7. Vestuario.
Cuidado com sua roupa, de preferencia sempre as de malha e algodão isso irá evitar o excesso de calor. Muitas pessoas mesmo no frio, suam por debaixo de tanta roupa e o suor na pele, quando entra em contato com alguns tipode de tecidos tipo uma fibra, lã entres outros, pode ficar super irritada, simulando uma miliaria que é muito frequente no verão por causa do suor. Para evitar isso o melhor é sempre usar uma camisa de algodão em contato com a pele.

Dor no quadril em idoso


          A Bursite trocanteriana é a inflamação de uma ou mais bursas localizadas sobre a inserção do músculo glúteo médio no trocanter femoral, sendo mais comum em pacientes de meia-idade e idosos, com alguma preferência pelo sexo feminino.
         O sintoma  principal é a dor sobre a região do trocanter, na face lateral da coxa que piora com caminhada ou ao deitar sobre o lado afetado e pode ter início agudo ou gradual.
         O diagnóstico é feito pela palpação da região sobre o trocanter maior, com presença de um ponto doloroso nesta região. A dor pode piorar com a rotação externa do quadril e com a abdução contra resistência. Algumas condições podem contribuir para o surgimento da bursite trocantérica, tais como a osteoartrose da coluna lombar e/ou do quadril, diferença de comprimento dos MMII e escoliose.
          A evolução natural do processo degenerativo é a piora gradual das condições do paciente. Os sintomas deixam de ser esporádicos e passam a ser constantes, chegando a comprometer o sono.
        O tratamento consiste em repouso relativo, uso de antiinflamatórios não-esteróides e fisioterapia(recursos analgésicos, ultrassom e exercícios). Caso a sintomatologia dolorosa não melhore pode-se optar por injeções de esteróides na área. Em casos extremos pode-se optar pelo procedimento cirúrgico, que consiste na remoção da busrsa inflamada.

Carboxterapia com gás aquecido


          Nada mais é que a nossa conhecida carboxterapia, só que dessa vez com gás aquecido para maior conforto de quem se submete ao tratamento, pois é menos dolorido.
          A carbox tem como função, diminuir a flacidez corpo e rosto, estrias, olheiras, gordura localizada e celulite.
          Esse tratamento é feito atraves de aplicação de co2 em gas aquecido na parede subcutanea da pele. o resultado é menos celulas gordurosas e um subcutaneo mias firme.
          Geralmente quando aplicada nas camadas mais superficiais da pele, tipo derme reticular e papilar, a carbox estimula a sintese de elastina e colageno contribuindo para uma melhor firmeza e rejuvenecimento.
          O tratamento básico, para gorduras localizadas, consiste na aplicação em várias sessões, de duração variável, nas zonas a tratar.
Em geral, nota-se a melhoria da qualidade da pele, do contorno corporal e redução de medidas, em média, a partir da 12ª sessão, realizando-se duas/semana. Os resultados começam a surgir a partir da 3ª sessão.
         É conveniente reforços semestrais ou anuais de acordo com o conselho médico.